8 de maio de 2008

As aventuras do Homem Pinto

Esta é a história de um homem que sonhou que foi enterrado vivo. Ele chutava a tampa do caixão sem conseguir fugir, até que ela quebrou e caiu um monte de terra.

Então ele foi devorado por minhocas e se transformou em terra. Choveu e a lama se misturou com raízes de plantas.

No dia seguinte, o sol brilhava muito e ele sentiu vontade de chorar. Ele estava num campo muito verde, o céu estava muito azul, e de longe vinha um trator vermelho, muito devagar. Muito devagar o trator passou por cima dele.

O homem acordou branco. Sonhos malucos.

O homem acordou branco e percebeu que estava preso num lugar apertado e claustrofóbico, o que provavelmente havia gerado seus sonhos malucos. Recuperada a consciência ele chutou a parede até conseguir quebrar a casca. Estava num lugar desconhecido. Do seu lado havia outro homem.

- Quem é você?

- Eu sou o seu imão mais velho. Vamos comer.

O irmão mais velho afundou o pé na terra e puxou carne de dentro dela. Era a carne muito branca de uma larva enorme.

- Vamos comer, é delicioso.

- Isso não é delicioso! É uma gororoba! É a pior coisa que eu já comi! É uma minhoca nojenta!

- Pare! Mamãe vai ouvir!

Os dois olharam juntos e viram uma ave enorme vindo em suas direções. Ela fazia muito barulho com todas as penas, com o bico, com as patas. Ela bateu as asas e se sentou na cabeça do Homem Pinto.

De repente ele sentiu calor. Ficou tudo escuro e voltou a dormir.

4 comentários:

Fontes disse...

aposto meu dedo mindinho do pé esquerdo que ninguém pensou em aves quando leu "As aventuras do Homem Pinto".

Mesmo assim, história fascinante.

Lia Lupilo disse...

Que lindo, ste

Luísa disse...

olha, pensei besteira mesmo. pronto, falei.

não seria tão bom sem esse elemento surpresa.

Grande Rael disse...

haha mto bom