20 de março de 2008

Isaac Nilton

Era um menino bagunceiro.

- E por que vocês colocaram esse nome na criança?

- Ih, doutora, mas eu nem sei, a gente foi no cartório e era pra se chamar só Isaac, mas quando a gente chegou em casa tinha esse monte de letra escrita, aí quando a gente foi ler era Isaac Nilton e o nome dele ficou assim!

...

- Olha, o seu nome escreve assim, e este outro é um nome que escreve diferente mas fala igual ao seu, é o nome de um cientista. Ele é um homem muito bom, ele fez muitas descobertas que ajudaram muito a humanidade, e tem o mesmo nome que você.

O menino pegou o papel com duas mãos bem pequenininhas e guardou com muito, muito cuidado.

4 comentários:

Stefanopolous disse...

A doutora é a minha mãe, pediatra. Essa é uma das minhas histórias favoritas. Pra mim ela conta como a palavra é uma coisa preciosa.

Luísa disse...

“Eram as trevas na Natureza e Deus criou Newton e fez-se a Luz”, disse o poeta Alexander Pope. Que o menino tenha o papelzinho guardado até descobrir isso.

bob22alfa disse...

Eu não gostaria de me chamar Óliudi, por exemplo...

Realmente uma estorinha muito bonitinha!! Ainda mais por ser verdadeira!

)borbas(

brunofbernardo disse...

sabia que newton dedicou a primeira metade da vida à fisica e a segunda ao tráfico de escravos?